Os idosos como força de trabalho

Os idosos como força de trabalho

MemberImage
9.nov.2017
Elen Freitas

Aponta o IBGE que a população idosa brasileira irá triplicar até o ano de 2050, de acordo com esta projeção por volta de 2030 o percentual de brasileiros com 60 anos ou mais irá ultrapassar o de crianças de 0 a 14 anos. A expectativa de vida e a redução da taxa de natalidade são fatores determinantes nessa virada.

Mas já pensando no agora e no mercado de trabalho atual, podemos notar que já existe um aumento do número de idosos a procura de emprego. Os motivos pelos quais as pessoas com mais de 60 anos ainda trabalham são variados, para muitos ainda é necessário ter uma segurança financeira e independência, pois é bem possível que atualmente o valor recebido com aposentadoria não acompanhe o custo de vida. Para outros o trabalho é uma importante oportunidade de se redescobrirem profissionalmente, permanecerem ativos e sociáveis em suas comunidades.

Há uma tendência em crescimento entre os empregadores que enxergam benefícios em contratar candidatos mais velhos, pois acreditam que ganham pessoas experientes, qualificadas e confiáveis ​​para seus negócios, que geralmente podem trabalhar de forma flexível e temporária, desde posições operacionais como atendentes em redes de lojas e restaurantes até estratégicas, quando são contratados por projetos de melhoria de algum processo, aulas de idiomas ou mesmo de economia para equipes corporativas. Eles podem ser tão produtivos quanto as pessoas de 20 anos e, porque não estão no início de suas carreiras, existe menor rotatividade.

Sabendo desta crescente população idosa, sua empresa está se preparando para receber diferentes gerações em suas equipes produtivas?