Quer saber se a Reforma Trabalhista no Brasil vai melhorar suas chances de emprego?

Quer saber se a Reforma Trabalhista no Brasil vai melhorar suas chances de emprego?

MemberImage
31.out.2017
Samir Amad

Desde que as ondas fascistas de Getúlio Vargas desfilaram pelo Brasil, o governo criou há mais de 70 anos um conjunto de normas trabalhistas para proteger o empregado e regulamentar as regras de trabalho. Para bem ou para mal, a CLT ditou o ritmo de nossa economia, gerando montanhas de dados sobre empregabilidade.

Nem entrarei na discussão dos que gostam ou não da reforma, apenas declaro o que todos sabem: Gerar emprego no Brasil custa muito caro. Ponto. E se nós, tupiniquins, sabemos disso, bem, gringos também sabem fazer conta. A questão não é se é bom ou se é ruim, a questão é que é necessário. Globalização, competitividade, eficiência, eficácia e em outra palavra: Mercado.

Portanto, a reforma é imprescindível e a atualização mais do que imperativa. Mas isso vai melhorar suas chances de emprego?

Sinto te informar, que na qualidade de Consultor de Recursos Humanos com mais de 30 anos de vivência em recrutamento e seleção, isso tem um peso relativo. Como assim? Simples. O emprego requer talento, exige performance, resultados e especialização. Você fala uma outra língua? Domina as tecnologias que estão no ar? Faz do seu aprimoramento e melhoria constante uma busca diária? Está atualizado com as novas metodologias, estudos, sistemas, mercados? Possui capacidade de trabalho em equipe, resiliência, resistência física, bons hábitos alimentares e pratica esportes saudáveis?

Se você tem tudo isso, então como Headhunter eu afirmo que o mercado sempre terá um emprego para te oferecer. Portanto, refazendo o título deste artigo: A pergunta não é se vai ter emprego e sim, vai tem emprego para quem?